Sunday, February 23, 2014

A última Helena, ele merece...


by Pedro Tolentino

No final de 2012 escrevi um texto aqui no boraver que contava um pouco da história de José Mayer, o nosso grande artilheiro, o maior pegador de mulheres da história da tele-dramaturgia brasileira, nosso "camisa 10" quando o assunto é passar o rodo nas personagens dos folhetins em que atua.

http://www.boraver.com/2012/12/jose-mayer-o-homem-lenda.html

Como todo artilheiro, Zé Mayer fez gol de tudo o que é jeito, mas o escritor Manoel Carlos, o Maneco, foi quem melhor soube aproveitar o talento do ator.  Era nas novelas do Maneco, sempre situadas no Leblon, que Mayer se sentia mais à vontade para mostrar toda a sua ginga.  Além da Helena (personagem eterna nas novelas do Maneco), Mayer sempre garantia mais duas ou três por fora.  Esta seqüência de boas atuações foi premiando Mayer com personagens cada vez mais ricos, que moravam em casas luxuosas, com empregadas vestidas de forma impecável e um balde mágico, que sempre tinha gelo recém tirado a qualquer hora do dia ou da noite em que o personagem de Mayer resolvesse passar em casa para tomar um uisquinho.


Desde "História de Amor" em 1995, Mayer tem presença garantida no elenco do Maneco. De lá pra cá tivemos "Laços de Família" em 2000, "Mulheres Apaixonadas" em 2003, "Páginas da Vida" em 2006 e "Viver a Vida" em 2009.  Em todas as cinco nosso artilheiro estava lá, mantendo uma respeitável média de 4 mulheres por novela (Helena + 3).  Além disso Manoel Carlos escalou seu homem de confiança para traçar a personagem Anita (Mel Lisboa), na minissérie "Presença de Anita" de 2001.

Eis que Manoel Carlos volta ao Leblon para contar a história de sua "última Helena" ("em Família", nova novela das 21h) e deixa nosso herói fora do elenco.  Ainda não ficou claro o que ocorreu, já que a presença de Mayer era dada como certa pelos jornalistas especializados no setor.  Assim como acontece no futebol, o mundo das novelas de vez em quando promove grandes injustiças...

Claro, as pessoas assistirão à nova novela das 9, se entreterão com a vida leve do Leblon, com o som da bossa nova, mas quando o novo galã entrar em sua mansão e abrir o balde de gelo não será a mesma coisa, se duvidar o cara vai ter que abrir o congelador e tirar uma caçamba pra encher o balde, uma cena lamentável.

Bom, fica o apelo:  Maneco, bota o Zé Mayer pra jogar!!  A última Helena, ele Merece...



 Curta o Post

 gostou do post? o boraver.com tem muito mais, curta o blog