Wednesday, May 29, 2013

O casamento e as "Damas de Negro"


by Pedro Tolentino



Dama de Negro desdobra cauda do vestido da
noiva, elas estão em toda a parte!
Escrevo nesse momento de um avião com destino a Porto Seguro.  De lá sigo para Trancoso, onde um dos meus grandes amigos, daqueles que não se tem muitos, vai casar na famosa igrejinha do quadrado.

Mas vamos parando por aqui pois a ideia deste texto não é fazer inveja a ninguém, mas sim falar de um tipo de profissional que vem ganhando cada vez mais espaço no mundo dos eventos (casamentos principalmente), o chamado pessoal do “cerimonial” ou, como prefiro apelidá-las (no feminino já que as mulheres são maioria esmagadora), as “damas de negro”.

A ascensão das DDN foi meteórica, não faz muito tempo que elas simplesmente não existiam. De alguma forma os noivos, seus pais e os padrinhos se organizavam fora da igreja e entravam pelo corredor central conforme os pares pré-estabelecidos e seguiam até aqueles bancos da frente, os quais eram reservados para eles.  



Devido à forte amizade que tenho pelo noivo, fui escolhido para ser padrinho e, nos últimos 5 dias, recebi 6 e-mails de 3 DDNs diferentes, explicando detalhadamente minuto a minuto exatamente onde, como e com quem cada padrinho deve estar para que tudo saia perfeito.  Eis um trecho do “manual do padrinho”, que veio anexo em um dos e-mails que recebi:

“O ideal é que vocês estejam no local um pouco antes, por volta das  as 15hs40.
Chegando na Igreja, vocês verão facilmente as meninas do Cerimonial elas estarão coordenando as entradas.
Uma delas vai dar as instruções sobre a organização das entradas.
Daminhas e pajens, também podem ficar próximos para identificarmos.
Quando a noiva estiver pronta, uma das meninas irá avisar e  preparamos as entradas.
Os Pais dos noivos, irmãos e os Noivos vão entrar pela Sacristia da Igreja.
Uma pessoa do cerimonial vai se encarregar de mostrar o local .
Quando eles estiverem posicionados no Altar, vocês, madrinhas e padrinhos, já estarão numa fila formada, (fora da igreja) prontos para fazermos as entradas.
A mulher dá o braço DIREITO para o homem.
Depois que todos os convidados ou a maior parte deles, estiverem dentro da Igreja, vamos fazer uma fila organizada dos casais  intercalando as entradas, um casal para direita e um casal para a esquerda,  vamos orientar na hora, portanto não se preocupem”

Pois é senhores, a era do amadorismo nas cerimônias de casamento está oficialmente encerrada.  Não há mais espaço para aquele padrinho meio moleque, meio maroto, que até tem um certo carisma mas que falta aos ensaios e não mostra comprometimento total com a cerimônia. A marcação das DDNs é implacável, o padrinho do futuro além de carisma, elegância e um bom porte físico precisa ser focado e disciplinado.  Não é mais suficiente terminar a cerimônia sem maiores percalços e com um “aceito” de cada lado.  Tudo, absolutamente tudo precisa estar perfeito, a as DDNs estão lá para garantir que isso aconteça.

A equipe de reportagem do boraver contatou noivos e padrinhos de casamentos recentes, para ver até onde vai o poder das DDNs, e o que descobrimos é estarrecedor.  O padre também recebe e-mail todo dia na semana que antecede a cerimônia, e precisa decorar um sermão escrito pelos redatores do cerimonial.  Nada de improvisar!  Por via das dúvidas “tele prompters” são instalados para que o padre possa ler o sermão caso esqueça de alguma parte.

Padres, padrinhos e até mesmo daminhas de honra entram na lista negra da ABDDN (Associação Brasileira das Damas de Negro), onde podem ficar por até cinco anos.  Neste período estão proibidos de exercer funções de destaque em outras cerimônias.

Ainda haverá o dia em que o padre fará a célebre pergunta: “Se alguém tem algo contra essa união que fale agora ou cale-se para sempre.” E ouvirá de uma DDN algo do tipo: "Devido a todas as quebras de protocolo ocorridas durante a entrada do noivo, noiva e padrinhos, acredito que a cerimônia não tem mais clima para continuar, sugiro tentarmos novamente em alguns meses”.

Por via das dúvidas vou estudar o manual com carinho, se eu cometer uma irregularidade grave capaz de adiar o casamento deste grande amigo carregaria esta culpa pro resto da vida...



 Curta o Post

 gostou do post? o boraver.com tem muito mais, curta o blog